Patrocinado

Muito presente em cidades grandes como São Paulo, a poluição é uma grande causadora dos mais variados problemas de saúde que uma pessoa pode vir a ter, seja a longo, médio e até curto prazo.

Além disso, é comum no final do ano que os paulistanos viajem para praias próximas (Guarujá, Santos, etc). E o excesso de pessoas e principalmente carros podem aumentar o nível de poluição no ar presente nestas cidades litorâneas.

Com isso, problemas de saúde, tanto para turistas, quanto para residentes, podem surgir nessa época do ano. Por este motivo, acessar o aplicativo da Mimed pode facilitar sua vida.

Por meio dele, você agenda consultas e exames por preços de mercado acessíveis. Além de poder opinar e avaliar o profissional, o cliente também escolher a forma de pagamento antecipado ou apenas no dia da consulta.

Conheça alguns problemas que as cidades da baixada Santista pode sofrer no meio da época de fim de ano.

Excesso de carros

No ano passado, mais de um milhão de veículos saíram de São Paulo para em direção a Baixada Santista.

Num geral, as cidades dessa região tem menos de 400 mil habitantes.

Agora, imagine que, em poucos dias, o número de veículos dentro da cidade ultrapasse o dobro. E ainda por cima com mais do triplo de pessoas.

Um automóvel libera um dióxido de carbono (CO2), e em excesso com o volume de carros, pode atingir algumas pessoas sem que elas percebam no momento.

Afinal, isso afeta diretamente o ar na questão da poluição, podendo trazer problemas como:

  • Crise de Rinite
  • Bronquite asmática
  • Sinusite
  • Asma

Como prevenir estes problemas de saúde?

Não é necessário se desesperar apesar de tudo dito acima. Você pode ir até praia, aproveitar o dia e ainda assim diminuir e muito as chances de sofrer algum problema de saúde.

Algumas dicas podem te ajudar, como:

  • Lavar o nariz por meio de um soro fisiológico
  • Higiene pessoal, principalmente as mãos, com o uso de um álcool gel ou apenas a lavagem natural.
  • Manter o ar úmido dentro de casa.
  • Se hidratar frequentemente, especialmente em dias de calor ( que é o caso do final de ano).
  • Estimule você e seus amigos a andar mais de bicicleta ou a pé.

Dentro do carro, por exemplo, não ficar muito tempo com um ar condicionado forte e muito gelado, pois nessa de ir pra um lugar quente (praia) e ficar em um carro que está com o ambiente gelado, pode afetar sua saúde.

A mudança de temperatura ambiente muito rápida é bem prejudicial. Sem falar que é importante deixar o carro “ventilar” um pouco.

Se você seguir esses passos, você corre muito menos riscos de contrair doenças no período do ano novo, independentemente do número de pessoas e carros que estejam circulando nas cidades litorâneas de São Paulo.

Curiosidades

Segundo levantamento Saúde Brasil 2018, realizado pelo Ministério da Saúde, houve aumento de 14% em dez nos casos de pessoas que falecem devido a causas associadas a poluição atmosférica, direta ou indiretamente.

Ou seja, a poluição, apesar de já estar no “cotidiano” das pessoas de grandes metrópoles, é muito perigosa, tanto para o meio ambiente, quanto para a saúde pública.

0 Comments

Leave a Comment