26 novembro, 2020
Banner Top

Um pouco da história

O Porsche 911 SC (Super Carrera) substituiu os modelos 911 e Carrera. Em 1984 a versão SC foi novamente substituída pelo 911 Carrera.

No início, as janelas e as maçanetas das portas do Porsche 911 SC eram cromadas. A partir de 1979 passaram a ser pintadas em preto.
Os espelhos externos do 911 SC eram eletricamente ajustáveis ​​e pintados na cor exterior.

Os anéis dos faróis foram inicialmente cromados, a partir dr 1979 foram pintados na cor exterior.

O carro foi equipado com rodas de alumínio fundido de 15 polegadas.

O Porsche 911 SC foi acionado por um motor plano de 3,0 litros, cuja produção aumentou ligeiramente ao longo dos anos.

1978/1979 – 3,0 litros, 180 cv
1980 – 3,0 litros, 188 cv
1981-83 – 3,0 litros, 204 cv.

O 911 SC tinha o corpo mais amplo do 911 Carrera.

Os veículos produzidos a partir do ano 1981 são reconhecíveis pelos indicadores de direção lateral atrás das asas dianteiras.

A partir de 1983, o 911 SC Cabriolet tornou-se o primeiro 911 totalmente aberto com capuz de tecido e estava disponível junto com a versão Coupé e o Targa “cabriolet de segurança”.

Esse Porsche 911 SC pode ser seu!

O exemplar da foto é um 911 SC 1981 Targa.
A venda na @oldiscoolmotors

Um veículo incrivelmente lindo e impecável.

Ele possui um motor Boxter 6 cilindros de 3 litros. São 204 cavalos de potência e um câmbio manual de 5 marchas.

Está com rodas Fuchs de 15 polegadas, incluindo o estepe e placa preta do ano.

Para maiores informações sobre o carro, entre em contato com a Old is Cool Motors pelo site oficial.

Impressões GtZero

Tivemos a oportunidade de conhecer esse exemplar de perto, uma baita oportunidade.

O carro é extremamente íntegro. Carroceria, lataria, pintura em perfeito estado. Motor funcionando perfeitamente, e seu ronco, que barulho de arrepiar.

Além de tudo isso, esse Porsche 911 SC 1981 Targa é super confortável.

Um carro digno de museu, e de qualquer coleção!

Conheça um lindo exemplar do Simca Chambord V8 Tufão.

Tags: , , , , ,

Related Article

0 Comments

Leave a Comment